Novidades…

Olá, queridos leitores!

Como foi o Carnaval? Espero que bom.

Hoje temos novidades… (tambores rufando ao fundo): J.K. Rowling (Jo) anunciou que escreverá um novo livro! Segundo as fontes onde li a notícia, a obra será um romance voltado para o público adulto.

Anúncio do novo livro de J. K. Rowling

Terei que ser muito franca com vocês, meus estimadíssimos leitores. Não acho que o livro será tão brilhante quanto Harry Potter (creio isso impossível). É possível que seu sucesso se deva muito mais a ser autoria de Jo que por mérito próprio.

Entretanto, tenho convicção de que será uma obra, no mínimo, interessante. Não podemos nos esquecer de que, afinal, será um livro escrito por Jo Rowling, cujo estilo literário é maravilhoso, portanto, mesmo que a trama não seja tão inovadora ou genial quanto a da aclamadíssima franquia de Harry Potter, poderemos degustar o prazer das palavras mágicas de Jo, que irão sempre enfeitiçar qualquer leitor.

Aguardando muito ansiosamente o lançamento do livro,

Sua etc.,

Ms Reads

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Lanchinho da Meia-Noite

O centro Jane Austen em Bath acaba de lançar um aplicativo para iPhone.

Compatível com iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S, iPod touch (3a geração), iPod touch (4a geração) e iPad.

Consiste em uma citação diferente a cada dia, enviada na hora acertada.

 

 

Ver o post original

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Last Dickens Day

Olá, queridos leitores!

Psicologicamente preparados para o último dia em homenagem a Dickens? Eu não 😦  Não consigo parar de pensar que só daqui a 100 anos algo tão especial vai acontecer em relação ao Charlie… (A não ser no bicentenário de morte, mas não é tão legal) Secando as lágrimas, vamos em frente.

Mas vamos celebrar esse último dia em homenagem a Boz com alguns fatos interessantes…

  • Dickens foi muito comentado durante essa semana (graças a Deus!)

Sim, Charles Dickens foi um dos Top Tweets do dia 7 de fevereiro

  • Charles tem um tataratatara…neto que é ator, Harry Lloyd, que atuou em filmes como “A Dama de Ferro” (novo filme sobre Margaret Thatcher); “Jane Eyre” (a última versão, 2011) e em séries como “Game of Thrones” (da HBO, baseada da saga “As Crônicas do Gelo e do Fogo”, de George R. R. Martin) e “Robin Hood” (série britânica de 2006). Além disso, sua estreia como ator ocorreu no filme para televisão “David Copperfield”, baseado no livro homônimo escrito por seu tataratatara…avô, ninguém menos que o próprio Charles!

Harry Lloyd, descendente de Dickens

  • O personagem Ebenezer Scrooge (“Conto de Natal”) foi inspirado em uma pessoa real, cuja lápide Dickens viu em Edimburgo. Por causa de sua fraca dislexia e da falta de luz, ele leu “Mean man” (homem mau) em vez de “Meal man” (um tipo de mercador). Impressionado, Dickens escreveu: “…deve ter paralisado a alma de Scroogie ter que carregar um fardo tão terrível para a eternidade…”.

E. Scrooge, como visto no filme "Os Fantasmas de Scrooge", 2009, dublado por Jim Carrey

  • Charles foi o Doodle do Google no dia 7 de fevereiro. Achei o desenho simplesmente fascinante. Quantos personagens você reconhece?

Google homenageia o escritor

É inegável que existem muitas outras curiosidades sobre Dickens, mas não posso colocar todas, jamais caberiam, hehe. Entretanto, se você quiser conhecer mais, elas estão por aí, esperando para ser descobertas. Só precisamos saber procurá-las…

Para concluir essa semana, vamos fazer apenas uma rápida enquete, que tal?

Obrigada por fazer parte dessa semana maravilhosa!

Sua etc.,

Ms Reads

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Like a Boz!

Olá, queridos leitores!

Primeiro, perdoem-me o trocadilho no título, hehe… Simplesmente não resisti!

Like a Boz!

Aproveitando a semana Dickens aqui no biblionphilia, resolvi mostrar a vocês, leitores queridos, tudo o que tenho sobre Dickens. Ainda é uma coleção um tanto modesta, em comparação à quantidade de obras que Boz possui, mas espero expandi-la. Um fato interessante: quase tudo que tenho sobre Dickens ganhei de presente, então, utilizarei-me desse post como pretexto para agradecer àqueles que me deram os objetos na foto abaixo.

Absolutamente tudo que tenho relacionado a Dickens; livros, DVDs, um broche...

E vocês, o que têm de Dickens? Ou melhor, o que possuem de seus autores favoritos? É sempre bom colecionar artefatos relacionados àquilo que você gosta, e é ainda mais prazeroso poder compartilhá-los com outros fãs, portanto, compartilhem com o blog biblionphilia! Seria um prazer receber fotos, textos, vídeos, o que você quiser! Basta enviar um email para: biblionphilia@yahoo.com.br e compartilhar seu gosto com o blog!

Voltando a Charlie, hoje mesmo descobri um vídeo muito interessante (e fofo) sobre sua vida. É uma animação bem curtinha que sintetiza belamente a história fascinante de Dickens. Chequem abaixo, são menos de cinco minutinhos para conhecer o escritor.

Ah, não pensem que a semana acabou! Amanhã teremos enquetes e curiosidades de aniversário, aguardem!

Sua etc.,

Ms Reads

Curtam a página do biblionphilia no Facebook!

;

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

História, Livros e Ideias agora no WordPress!

Olá, queridos leitores!

Bom, por meio deste, recomendarei um blog. Tudo tem uma primeira vez, não é?

Aqui, no biblionphilia, vemos livros sob a óptica de leitores. No blog Lanchinho da Meia-Noite, veremos os livros da perspectiva de uma escritora e historiadora. Mas não é só isso que você encontrará lá. O blog oferece, não só suas aventuras literárias ou históricas, mas também suas opiniões e ideias como uma pessoa. Além de posts cômicos, o que é sempre bom. Super recomendo!

História, Livros e Ideias agora no WordPress!.

Sua etc.,

Ms Reads

Menina Escrevendo

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Duzentinhos, hein?

Olá, queridos leitores!

Post rápido: parabéns, Charles! E obrigada por tudo que nos deixou, um legado não somente cultural, mas também moral. Obrigada pelas fantásticas e belas histórias, obrigada pelos carismáticos personagens, obrigada por sua vida fascinante.

Feliz Aniversário!

Parabéns, Boz!

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Esboços por Boz

Olá, queridíssimos leitores!

Como vão? Bom, para os que não sabem, estamos às vésperas de um evento que só acontece uma vez na vida: bicentenário do fantástico, maravilhoso, fenomenal, Charles Dickens.

Tinha pensado em iniciar esse post dando-lhes um breve resumo de sua vida, porém, ao começar a escrever, notei que seria impossível sintetizar a vida do homem, afinal, não comprei uma biografia de 400 páginas à toa! Basta que saibamos que ele nasceu a 7 de fevereiro de 1812 em Portsmouth, cidade na costa sul da Inglaterra e tornou-se um dos mais proeminentes escritores ingleses de todos os tempos, cujo legado foi inferior somente ao do dramaturgo William Shakespeare. (Não conseguindo ser totalmente imparcial em minha descrição, devo confessar, talvez até hereticamente, que prefiro Charles, embora não negue ou diminua a importância de Will.)

Charles Dickens, em uma posição muito favorável (ao meu ver, claro).

O que torna Charles uma personagem tão notável na literatura mundial, é o simples fato de que ele, através de suas belíssimas descrições, de sua narrativa peculiar e de seus eternos personagens, tornou-se a voz de uma era. E uma era de transformações. Para termos dimensão das mudanças ocorridas durante o período vitoriano (1837-1901), podemos simplesmente consultar qualquer um dos livros de Dickens (à exceção de “O Conto de Duas Cidades” e “Barnaby Rudge”), pois os enredos que ele cria situam-se justamente no âmago de toda essa nova civilização nascida no século XIX.

As mais salientes e relevantes realidades da época são a recém-formada sociedade industrial, com sua fumaça, poluição e hipocrisia; o trabalho infantil; as grandes dúvidas religiosas, tendo estabelecido-se o Darwinismo e o Agnosticismo científico; uma rápida transformação tecnológica; e mudanças nas ideologias políticas, pois é nesse momento que surge o marxismo, e o feminismo se fortalece, juntamente com a sindicalização e a democracia, etc.

Todos esses aspectos foram descritos por Charlie (perdoem-me a pseudo-intimidade) em seus livros, crônicas e contos. E de uma maneira magistral, pois não somente ele observava, como também ele vivia e tentava se adaptar àquela nova sociedade que poucos compreendiam. Ele satirizou o cientificismo vitoriano em “As Aventuras do Sr Pickwick”, ironizou a burocracia excessiva – um tema ainda bastante atual – em “Little Dorrit”, criticou as condições de trabalho em inúmeros de seus livros, bem como a justiça e a advocacia falhas da época, aspectos que ele via todos os dias quando trabalhava como repórter. Dickens também sofreu com a retenção de seu pai na prisão de devedores, Marshalsea, como Amy Dorrit. Dickens trabalhou, enquanto criança, em uma fábrica de polimento de sapatos, bem como David Copperfield. Resumindo, ele viveu cada um de seus personagens, que eram apenas desdobramentos do seu caráter, da sua história e da sua opinião.

Dickens e seus personagens eternizados por Robert William Buss

Biografias recomendadas:

Muito bem, vou citar algumas biografias de Dickens, em vários formatos, para agradar a todos os gostos de leitor.

  • Charles Dickens – A Life: escrita pela renomadíssima biografista Claire Tomalin, essa obra recém-lançada está me parecendo muito boa até agora. É fácil de ler e é muito explicativa, cheia de detalhes. Englobou muita pesquisa por parte da autora, com certeza. Um ponto negativo, porém, é que não foi traduzida ainda, embora eu acredite que deva ser logo, logo;
  • Charles Dickens : Escrita por Paul Shipton, essa é uma obra para crianças, da editora Penguin. É curtíssima, sem, contudo, ignorar os fatos significativos. Possui belas figuras.
  • O Homem que Inventou o Natal: de Les Standiford, essa obra foca em um aspecto revolucionário da vida de Dickens: ele reinventou as celebrações natalinas, dando um significado de esperança ao espírito natalino em meio à insensível realidade industrial. Estou muitíssimo ansiosa para lê-la.

Ah, a biografia da Wikipédia não é ruim, embora seja bem resumida, obviamente.

Pois bem, para celebrarmos de forma integral o seu aniversário, podemos checar vários sites, como o do Dickens Museum, ou o site especial do bicentenário, o Dickens 2012. O parque temático em sua homenagem em, o Dickens World também é bem interessante e estará especialmente aberto amanhã. Você também pode baixar o aplicativo Dark London para iPhone e iPad, uma graphic novel de histórias tirada do livro “Retratos Londrinos” (“Sketches by Boz” em inglês, daí o título do presente post), narrada por ninguém menos que Mark Strong, o ator que faz o vilão de “Sherlock Holmes”, “Robin Hood”, “A Jovem Rainha Vitória” e “Stardust”. Ele tem uma voz sensacional e o aplicativo é ótimo! Além disso, houve uma reportagem no jornal “O Globo” ontem sobre a exposição do bicentenário em Londres, que vocês podem checar aqui e uma matéria na revista da Tam que vocês podem ler nesse link, na edição cuja capa é o comediante Marcos Mion, p. 26.

Mark Strong gravando a narração de Dark London

Mas, meus leitores queridos, principalmente, não se esqueçam de que um clássico é feito clássico por seus leitores, então faço um apelo: LEIAM DICKENS, POR FAVOR! Deem uma chance ao homem, porque, eu garanto, vocês podem acabar gostando. E espero que vocês possam amá-lo tanto quanto eu.

Sua etc.,

Ms Reads

P.S.: Dedicarei essa semana a Dickens, então aguardem mais novidades sobre Boz…

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized